Mercado

Discos de ouro - As gravadoras já ganharam fortunas

Tudo o que você queria saber sobre selos fonográficos, mas tinha vergonha de perguntar

Iniciar um selo fonográfico requer grande responsabilidade, planejamento e trabalho. Com esse tipo de organização é  possível lançar músicas próprias, dependendo apenas do seu próprio filtro (sobre qual material é realmente bom), e sem precisar dividir as glórias e lucros com ninguém. Mas o que é selo fonográfico? Selo (label em inglês) é  uma espécie e […]

» Escrito por em 24.02.10.

Iniciar um selo fonográfico requer grande responsabilidade, planejamento e trabalho. Com esse tipo de organização é  possível lançar músicas próprias, dependendo apenas do seu próprio filtro (sobre qual material é realmente bom), e sem precisar dividir as glórias e lucros com ninguém.

Mas o que é selo fonográfico?

Selo (label em inglês) é  uma espécie e mini-gravadora, que se encarrega de selecionar músicas (e artistas) para lançar no mercado fonográfico.

Até o inicio da década passada, os selos lançavam músicas basicamente em vinil e compilações e sets mixados em Cd. Atualmente está cada vez mais difícil ver lançamentos em Cd e bem raro em Vinil, a grande maioria das músicas acaba saindo em Mp3, nas mais de 100 lojas que trabalham neste mercado.

Não sei se eu lanço um selo, caso ou compro uma bicicleta?


Em época de banda larga (cada vez mais barata) e mídias sociais – os brasileiros são campeões em permanência neste tipo de site, está cada vez mais fácil para novos selos crescerem e atingirem grande sucesso.

Lanço um selo ou lanço em outros selos

Por muito tempo pensei que a melhor maneira de conseguir destaque, era com um selo próprio (ainda acredito que é um bom caminho, mas ele demanda muito trabalho), o mercado digital mudou isso, se no passado era muito difícil de conseguir um selo para lançar, atualmente com um pouco de trabalho, você consegue achar alguém que possa investir no seu trabalho

Fiz um tutorial em vídeo ensinando como encontrar selos para lançar em menos de 24 horas.

Dedicação: Ter um selo exige responsabilidade, você não pode pegar o trabalho de alguém e simplesmente lançar sem a preocupação de conseguir um resultado financeiro, um artista gasta em média 10 horas para criar uma música, se ela não trouxer pelo menos um retorno de exposição na mídia, muito provavelmente o artista vai te amaldiçoar para o resto da vida e não vai querer lançar mais nada com você.

Quais são as principais lojas?

  • iTunes: a Apple revolucionou o mercado de música com o lançamento da sua loja virtual;
  • Beatport: reina no universo da música eletrônica, estima-se que o site americano detenha atualmente 90% do mercado (música eletrônica), eles não param de se desenvolver e crescer;
  • Trackitdown: loja inglesa que é muito forte em sons mais pesados;
  • Junodownload: braço digital da lendário loja Juno.

Uma boa distribuidora com o Jorge Brea da Symphonic Distribuition relatou neste artigo, consegue colocar o seu selo em mais de 100 lojas digitais.

Mercado grátis é uma alternativa?


Com certeza, centenas de selos não se dão ao trabalho de procurar lojas e distribuidoras, eles procuram atingir diretamente os consumidores, disponibilizando os seus releases de graça em troca de e-mails que engordam o mailing list.

Como eu devo planejar o meu selo?

Conceito do selo

Não atire para todos os lados, escolha uma linha de som e mantenha ela para sempre. O som pode até  evoluir (como a música sempre está), mas se você começar lançando Techno e depois caminhar para o Trance, com certeza vai perder clientes.

Artistas do casting

Procure fazer o contato com um grupo de artistas que tenham interesse de lançar constantemente no seu selo, mesmo que você seja um produtor pró-ativo, vai ser muito difícil de conseguir ter dois (ou mais) excelentes releases por mês.

Tendo artistas que lançam constantemente, vai ser mais fácil de manter a identidade do seu label.

Futuros lançamentos (agenda)

O ideal é ter pelo menos os primeiro 6 meses já planejados, e manter esse ritmo de planejamento, isso vai facilitar para montar campanhas de marketing, conseguir anúncios em revistas, sites especializados e sites de venda de música.

Ter uma agenda de lançamentos é um dos pré-requisitos para conseguir lançar um selo no Beatport.

Campanha de marketing

Existem centenas de ferramentas, elas estão evoluindo rapidamente, as que eu uso atualmente no meu selo são:

  • Site: um site próprio é essencial para divulgar os lançamentos e também fazer contato com fãs e produtores – tente fugir de usar apenas o Myspace (ele está perdendo muita força);
  • Mídias sociais: use e abuse de todas elas – elas são uma forma honesta e rápida de ter um feedback de fãs e outros artistas;
  • Orkut: para o público brasileiro ele ainda é o mais acessado, segure o seu ímpeto de fazer spam (enviar um recado para todos os amigos), o melhor, e que dá mais resultado são as comunidades;
  • Mailing list: comece agora mesmo a reunir e-mail de DJs, produtores, promoters, donos de casa noturna e dono de outros selos;
  • Revistas especializadas: poucos selos que estão iniciando as suas atividades, tem dinheiro para investir em anúncios em revistas como: Mixmag, Dj Mag, Dj Sound, Housemag e Electro Mag. Uma alternativa é mandar um press-release para o editor/jornalistas ou tentar entrar em contato com colunistas para descolar uma artigo grátis;
  • Blogs: existem dezenas de blog e sites nacionais que estão  ávidos por novidades, mas não adianta simplesmente enviar uma descrição do seu próximo release, você  vai precisar dar motivos para que o seu selo vire notícia.
  • Feiras: da mesma forma que é caro fazer um anúncio em uma revista é muito caro alugar um stand em uma feira, uma alternativa é fazer o contato com outros selos para criar um pool de selos e todo juntos alugarem um local. Mesmo sem um stand, tente ir ou enviar um representante para conhecer artistas, Djs e público.
  • Festas: fazer eventos em clubes é uma ótima forma de apresentar e divulgar o seu selo para o público em geral – você também acaba premiando os artistas do seu cast com o cachê  pago pela casa noturna.

Pagamentos:

Como eu devo fazer para pagar os meus artistas?

São raros os selos que prestam contas para os seus artistas, isso acaba desanimando os produtores a lançarem novamente com você, principalmente quando eles tem uma música boa em mãos.

Por isso procure estabelecer que os pagamentos vão acontecer em um certo período de tempo (ex: a cada 2 ou 6 meses).

Informar exatamente qual música vendeu em qual loja, também facilita para que o artista aprenda em qual mercado as suas músicas estão funcionando melhor.

Quanto pagar?

Estabeleça a porcentagem das vendas que vai ser revertida para o produtor, geralmente o selo divide com o artista em 50%/50%, uma alternativa é combinar que ações de marketing também vão ser divididas entre as partes.

Legalize já

Infelizmente 99,99% dos selos brasileiros trabalham de forma ilegal, como as receitas são relativamente baixas, os altos impostos impossiblitam que empresários tentem legalizar o seu trabalho.

No mínimo faça um contrato com todos os artistas do seu cast, para evitar problemas futuros.



Deixe seu comentário

  1. Perfeito Ilan,

    Tudo oque eu queria saber :D:D:D:D:D:D:D

  2. Uma boa dica pra quem deseja abrir um selo é abrir uma firma de produção de eventos com atribuições de gravação de áudio e agenciamento de artista, o que caracteriza num selo… isto é, quem tá a fim de entrar de uma maneira mais sólido juridicamente falando…

    TRANSDUTOR
  3. [...] um manual completo no meu blog – dgtl.lv/clients/ilankriger/wordpress, vou reproduzir ele [...]

  4. [...] Tudo o que você queria saber sobre selos fonográficos, mas tinha vergonha de perguntar [...]