7 Comments

  1. Eu acho que esse tipo de interatividade vai ser um dos diferenciais do dj-mesmo do dj-ator, dj-jogador-de-volei, dj-vocalista-de-banda-em-baixa… O que, na minha opinião, ajuda a responder o post sobre o desdobramento otimista, realista e pessimista do dj do futuro.

    O dj que quiser se aventurar nessas novas ondas vai precisar se especilizar, levar tempo e dedicação pra fazer e fazer bem feito. Coisa que eu acho que dj-celebridades não vão conseguir ou se predispor a fazer. (pelo menos eu torço).

    Eu com meu ofício das 8h as 17h, segunda a sexta, já não arriscaria pela falta de tempo hábil. (o que tbm responde a um post antigo sobre quais seriam os motivos que impedem a obtenção do sucesso… rssr)

  2. Parece uma idéia inedita mas preciso pesquisar… seria interessante.. mas mudando de papo… agua pro vinho… será que após o dj acabar de tocar e tal será que alguem do show consegue baixar as musicas que foram tocadas minutos depois do show.. como um pacote de mp3 gratuito ???? seria uma boa ideia hein… interaçao de down muito boa ??? ou algum felizardo manda um upload pro cara que ta tocando.. ae o cara tocava junto com o dj fazendo um live… por esse programa….sera que
    é possivel??? rs viajei mestre illan …a interatividade acho uma grande aproximacao.. artista..fãs..ou artista publico…

  3. Muito bom o texto. Essa era o "penhasco" que faltava. Pois o dj interagia com o publico mais o publico so dava o feedback dançando e vibrando. Agora temos palavras, temos vídeos e também interação musical.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *